Recuperação pós-parto

Quer recuperar a forma física depois da gravidez? A importância do exercício e da dieta pós-parto

Recuperar a forma física a seguir ao parto pode levar algum tempo. Cada organismo é único e o truque é ir com calma e respeitar o seu corpo, combinando exercício físico e dieta adequados ao pós-parto, seguindo sempre as recomendações do seu médico. 

O que incluir para uma dieta pós-parto saudável e equilibrada?

Deverá certificar-se de que está a ingerir a quantidade e qualidade de nutrientes adequada, garantido que mantém uma dieta pós-parto saudável e equilibrada. Prefira alimentos ricos em fibra e com teor reduzido de gorduras e troque as bolachas por fruta fresca na hora do lanche. Controle também o que bebe, e dê preferência à água. Sabia que se estiver a amamentar, não só irá queimar as reservas de gorduras acumuladas durante a gestação, como também, de cada vez que amamentar, irá gerar uma hormona chamada ocitocina que ajuda o útero a recuperar o seu tamanho anterior à gestação?
Não será por isso boa ideia começar uma dieta com muitas restrições alimentares no pós-parto. Se não se alimentar bem, poderá acabar cansada. Por fim, fale com o seu profissional de saúde, que saberá melhor que ninguém qual a alimentação e actividade física recomendada para o seu próprio caminho de recuperação pós-parto.

 

Algumas dicas para recomeçar a praticar exercício

Antes de iniciar qualquer tipo de actividade física, deve sempre consultar o seu médico para se certificar de que está pronta fisicamente antes de regressar ao treino! O seu médico poderá aconselhá-la a não começar a fazer exercício até passarem pelo menos 6 semanas a seguir ao parto (12, se tiver feito cesariana).


Quando receber autorização, faça as coisas com calma. Não se esqueça de que o seu corpo produzia uma hormona especial durante a gestação que provocou um relaxamento dos ligamentos e tendões superior ao habitual, para que o bebé pudesse crescer e dilatar a zona pélvica para o parto. É provável que a hormona ainda se encontre presente no organismo, por isso, se começar demasiado cedo a praticar exercício, corre o risco de sofrer lesões mais facilmente.


Comece por caminhar devagar e vá aumentando o ritmo passado algumas sessões.
Quando o médico permitir, experimente exercícios aeróbicos: aulas no ginásio, dança de salão, uma caminhada com passada ligeira ou natação.


Algumas mães aproveitam para levar os bebés para praticarem exercício com elas. Se quiser fazer uma caminhada, leve o carrinho.


O segredo reside em praticar pouco tempo, mas várias vezes. Experimente com 10 minutos de exercício de vez em quando para começar e vá aumentando até aos 30 minutos, três vezes por semana. Mas não se esqueça de ouvir o seu corpo, e claro o seu profissional de saúde!