O salmão é rico em Ácidos Gordos

O que são os Ácidos Gordos Ómega 3?

Os Ácidos Gordos Ómega 3 são muito importantes para o desenvolvimento ocular e do cérebro. Descubra como ingerir uma quantidade suficiente deste poderoso nutriente.

Por que razão os Ácidos Gordos Ómega 3 são importantes?

A investigação demonstra cada vez mais que os Ácidos Gordos , em particular o ácido docosahexaenóico (DHA), são importantes para o desenvolvimento e a função contínua do cérebro, dos nervos e dos olhos. Os cientistas também acreditam que os Ácidos Gordos oferecem potenciais benefícios ao longo da vida para a saúde do coração. As mulheres com bons níveis de ácidos gordos durante a gravidez poderão ter uma melhor experiência de parto, com um risco reduzido de ter um bebé com um peso baixo, depressão pós-parto e pré-eclâmpsia. Os níveis baixos de Ómega 3 nas crianças têm sido associados a níveis baixos de concentração e memória. Assim, este nutriente poderá realmente ter um forte impacto na sua saúde e bem-estar futuros.

 

Os Ácidos Gordos essenciais só podem ser obtidos a partir da alimentação, uma vez que o nosso organismo não é capaz de os produzir. As mulheres grávidas devem limitar a quantidade ingerida de uma boa fonte de Ómega 3, que são os peixes gordos, devido às atuais preocupações com os níveis de poluição existente no peixe, incluindo mercúrio, que podem prejudicar o desenvolvimento do bebé.

 

Pode considerar a toma de um suplemento durante a gravidez, mas não tome nenhum que contenha Vitamina A, tal como os derivados do fígado de bacalhau. Deverá aconselhar-se sempre com o seu profissional de saúde sobre este tema.

De que quantidade precisamos?

Descubra que quantidade de Ómega 3 é necessária em cada estádio do desenvolvimento do seu filho nos primeiros anos de vida.

 

A ingestão de Ácidos Gordos recomendada na gravidez  

 

A recomendação de ingestão diária de Ómega 3 durante a gravidez é de 300 mg por dia. 


Apresentamos-lhe uma lista das melhores fontes de Ómega 3 no final deste artigo e pode verificar a sua ingestão diária com a nossa ferramenta de Nutrição e Desenvolvimento.


Se for vegetariana ou estiver a ter dificuldade em obter uma boa dose de Ácidos Gordos, fale com o seu profissional de saúde sobre suplementos. Este aconselhar-lhe-á, provavelmente, suplementos feitos a partir de algas em vez de peixe, uma vez que contêm níveis muito baixos de mercúrio, ao contrário do peixe. Provavelmente, irá também dizer-lhe para evitar o óleo de fígado de bacalhau, visto que esse suplemento contém demasiada Vitamina A.

 

Níveis de Ácidos Gordos durante a amamentação 

 

Ter um bom aporte de Ómega 3 é diretamente benéfico para o desenvolvimento do cérebro do seu bebé, uma vez que vai aumentar os níveis deste Ácido Gordo essencial no seu leite materno. Uma vez mais, procure ingerir pelo menos 300 mg por dia. Apresentamos-lhe uma lista das melhores fontes de Ómega 3 no final deste artigo e pode verificar a sua ingestão diária com a nossa ferramenta de Nutrição e Desenvolvimento.

 

O papel dos Ácidos Gordos desde o desmame à primeira infância 

 

À medida que o seu bebé deixa de beber leite materno, precisa de um bom aporte de Ómega 3 na sua alimentação para o desenvolvimento do seu cérebro. Alguns cientistas acreditam que as crianças com idades compreendidas entre 1 a 3 anos devem ingerir 700 mg de Ácidos Gordos por dia para obter todos os benefícios para a sua saúde.  De seguida, apresentamos-lhe uma lista das melhores fontes de Ómega 3 e pode verificar a ingestão diária do seu filho com a nossa ferramenta de Nutrição e Desenvolvimento.

Que alimentos são boas fontes de Ácidos Gordos Ómega 3?

Uma vez que o nosso organismo não é capaz de produzir Ácidos Gordos, é necessário obtê-los através da nossa alimentação. Hoje em dia, muitos alimentos, como os ovos, leite, cereais e pão, são enriquecidos com Ómega 3. Os peixes gordos, de águas profundas e frias, tais como a cavala, o atum, o salmão e as sardinhas, são também excelentes fontes, bem como os alimentos à base de vegetais, tais como os óleos vegetais, frutos secos de casca rija e sementes. As recomendações atuais indicam que 2 porções de peixe gordo por semana preencherão as suas necessidades e as do seu filho em termos de Ácidos Gordos Ómega 3. Se estiver grávida não deve comer mais de 2 porções e deve evitar suplementos que contenham Vitamina A. As crianças pequenas devem também comer apenas 2 porções e evitar comer peixe-espada ou espadarte devido aos elevados níveis de mercúrio.

 

Os investigadores em Ácidos Gordos estão a descobrir algumas revelações entusiasmantes sobre o seu papel durante a gravidez e os primeiros anos de vida, bem como os seus benefícios a longo prazo. Utilize a nossa Ferramenta de Nutrição e Desenvolvimento para verificar se você, ou o seu filho, estão a ingerir ómega 3 suficiente através da alimentação.