O seu bebé e o processo de socialização

O seu bebé e o processo de socialização

Um momento importante no desenvolvimento do seu bebé é o processo de socialização. As crianças pequenas passam por uma fase de egocentrismo e dizem frequentemente palavras como “não” e “minha”. 

Dicas para incentivar o processo de socialização do bebé

Existem algumas atividades que pode praticar com o seu filho para o incentivar a fazer amigos, a aprender a partilhar e a prepará-lo para um ambiente com várias crianças:

 

 

- Estejam preparados - O processo de socialização do seu filho não irá acontecer de um dia para o outro, poderão haver alguns obstáculos no caminho, pelo que é importante que mantenha a calma e que se prepare para o seu filho não querer conhecer outras crianças. É normal que as crianças tenham este comportamento entre os 2 e os 3 anos, pelo que não compare o comportamento do seu filho com o de outras crianças. Cada criança é única e desenvolve-se a um ritmo diferente.

 

 

- Pequenos passos - Pode começar por marcar uma hora para a primeira interacção com outra criança. É uma experiência nova para o seu filho, pelo que deve incentivar esta socialização de forma gradual. É normal que, de início, haja pouca interacção entre eles, pois poderão manter jogos paralelos, ou seja, cada um entretido individualmente. Os primeiros chamados “playdates” deverão ser curtos, para que o seu filho não fique rabugento nem irritável com a outra criança. À medida que o seu filho começa a estar mais à vontade com as outras crianças, começam a interagir mais entre eles e a entrar no chamado jogo associativo, onde poderão adquirir fortes competências sociais. Os primeiros “playdates” do seu filho deverão ser feitos com apenas mais uma criança. Só depois de sentir que o seu bebé está pronto é que deverá incentivar aos jogos em grupo. Nesta fase poderá optar por o inscrever numa creche, onde poderá ter acesso a aulas de grupo.

 

 

- Mantenha-se envolvida - As crianças têm tendência a imitar tudo o que acontece à sua volta. Por isso, sempre que cumprimentar alguém o seu filho poderá observá-la e imitá-la mais tarde. Deste modo, deve aproveitar para o habituar a cumprimentar as pessoas, para que crie este hábito de boa-educação desde cedo e para que o ajude a distinguir o certo do errado. A sua intervenção é assim essencial neste processo. Para além disso, poderão haver momentos em que o seu filho não quererá partilhar, como por exemplo emprestar o seu brinquedo a outra criança. Nestes momentos deverá intervir e explicar-lhe que é importante partilhar. 

 

 

O processo de socialização pode ser gradual com algumas crianças, por isso deve estar atenta para o ajudar em todos os momentos em que o seu filho precise de si. Lembre-se que altos e baixos fazem parte e que em breve o seu bebé começará a gostar de estar com outras crianças e a partilhar os seus brinquedos e jogos com elas.